COVID-19 surgiu na china, através do consumo de um mamífero (morcego)

O vírus sobrevive ao encontrar um hospedeiro e usa as suas células vivas para se replicar. Quando um vírus invade um hospedeiro, entra nas células e “captura” os sistemas naturais de produção de células para fazer novas cópias de si próprio ou seja, replica-se.

  • Este vírus é super perigoso, e está a espalhar-se pelo mundo de uma forma rápida, pois é transmitido de pessoa para pessoa;
  • Transmite-se por via respiratória, através de pequenas gotículas da boca ou nariz, expelidas pela tosse, espirros ou secreções de pessoas infetadas;
  • É super importante mandar uma distância superior a 1 metro de uma pessoa doente;
  • Estas gotículas podem também permanecer em superfícies e objetos ( caso alguma pessoa tenha tocado num desses sítios e por fim colocar a mão na cara, ou mais exatamente na boca, olhos, nariz, poderão ficar infetadas);
  • O risco de infeção através das fezes também é possível, embora os riscos sejam inferiores;
    Existem vários sintomas que você deve ficar atento, e caso suspeita deve ligar para o contacto do SNS: 

 Principais sintomas:

  • Febra;
  • Tosse seca;
  • Dificuldade respiratória;
  • Dores musculares e cansaço.Também levará a várias complicações:
  • Pneumonia grave, com insuficiência respiratória aguda;
  • Falência renal;
  • Poderá desenvolver septicemia (é uma condição de resposta exagerada a uma infecção no corpo);
  • Poderá levar à falência de outros órgãos;
  • Morte.

Todas as pessoas, de todas as faixas etárias podem ser infetadas pelo novo coronavírus. 
Contudo, as pessoas com mais idade, com doenças crónicas ou condições subjacentes por exemplo:

  • asma;
  • doenças respiratórias;
  • diabetes;
  • hipertensão;
  • distúrbios cardíacos ou hepáticos.

são mais vulneráveis ou seja correm um maior risco de obter sintomas mais graves.

Felizmente a OMS (Organização Mundial de Saúde), recomenda medidas para reduzir a exposição e transmissão da doença:

  • Lave frequentemente as mãos, utilizando água e sabão ou use soluções à base de álcool (SABA);
  • Higienize ou desinfete as mãos sempre que assoar, tossir ou espirrar;
  • Tape o nariz ou a boca, usando um lenço de papel ou o cotovelo;
  • Siga regras gerais que regem uma higiene alimentar;
  • Evite contacto com pessoas que tenham febre, ou tosse;
  • Evite contacto com animais ou suas excreções e excrementos;
  • Evitar contacto direto com animais vivos em mercados ou áreas afetadas pelo surto.

"Aos vossos avós foi-lhes pedido para irem à guerra, a vocês pedem-vos para ficar no sofá. Tenham noção"

By: Rodrigo Guedes de Carvalho.

Lembre-se fique em casa

siy